Inicio Cidades e Região Batayporã Polícia Civil de Batayporã conclui que incêndio na Escola Jan Antonin Bata foi criminoso

Polícia Civil de Batayporã conclui que incêndio na Escola Jan Antonin Bata foi criminoso

4 min leitura
0

A Polícia Civil de Batayporã concluiu, nesta sexta-feira (16), a investigação sobre o incêndio ocorrido na cozinha e no refeitório da Escola Estadual Jan Antonin Bata no dia 04/04/2021 e constatou que a ocorrência consistiu em um ato criminoso.

De acordo com a investigação, principalmente com os laudos da Perícia Criminal de Nova Andradina e testemunhas ouvidas, verificaram-se indícios de que o incêndio ocorrido no prédio público teria sido provocado por dois adolescentes infratores, um de 12 e outro de 17 anos.

Diante das apurações, a Polícia Civil realizou a representação pela internação provisória do adolescente infrator, de 17 anos, a qual contou com manifestação favorável do Ministério Público e acolhimento pelo Poder Judiciário.

Cb image default
Cozinha e refeitório ficaram totalmente destruídos – Imagem: Acácio Gomes / Nova News

Segundo apurado, os dois adolescentes infratores ingressaram no local, subtraíram alguns computadores e ainda praticaram atos de vandalismo, sendo que, posteriormente, atearam fogo no refeitório da escola.

Com a decretação da internação do adolescente de 17 anos, efetuou-se o cumprimento da medida, com apoio da Seção de Investigações Gerais (SIG) de Nova Andradina.

Ele foi então encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, onde aguarda a disponibilização de vaga em uma Unidade Educacional de Internação (UNEI).

Com relação ao adolescente de 12 anos, a Polícia Civil explicou ao Nova News que não foram preenchidos os requisitos legais necessários para sua internação.

Durante as diligências, a Polícia Civil recuperou um computador e um monitor que haviam sido subtraídos da escola estadual. 

Os objetos estavam na residência de um receptador, que não estava no local no momento da apreensão. Ele deverá responder por receptação.

Cb image default
Computador furtado da escola foi recuperado – Imagem: Divulgação / PC

Segundo o delegado Filipe Davanso Mendonça, o computador e o monitor serão devolvidos à unidade educacional.

Ele destacou que a Polícia Civil conta com o apoio da população para identificação de suspeitos dos mais variados crimes, dentre eles, os patrimoniais e de tráfico de drogas, deixando disponível o telefone de contato para eventuais denúncias anônimas: (67) 3443-1268.

Espalhe essa notícia!
Carregue mais em Batayporã

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Em Bataguassu, Polícia Militar prende foragido da Justiça durante abordagem a suspeito

Por volta das 17h de Domingo (25), policiais militares em Bataguassu prenderam um foragido…