Inicio Brasil Técnico da seleção, Tite recebe a primeira dose da vacina contra covid-19 no Rio

Técnico da seleção, Tite recebe a primeira dose da vacina contra covid-19 no Rio

3 min leitura
0

O técnico Tite, da seleção brasileira, recebeu nesta segunda-feira no Rio de Janeiro a primeira dose da vacina contra a covid-19. O treinador recebeu o imunizante porque atende ao critério para vacinação de profissionais de educação física com 59 anos ou mais. O comandante da seleção foi atendido pelo sistema de drive-thru no posto de vacinação do Parque Olímpico, na Barra da Tijuca.

“Um sentimento que mistura o alívio por receber a primeira dose e estar mais próximo da imunização, e a esperança de que a vacinação chegue rapidamente a todos e avance por todo o mundo. A ciência e a medicina são fundamentais para nossa vida e nosso futuro. Vacina sim!”, afirmou Tite, que vai completar 60 anos mês que vem. O treinador receberá a segunda dose da vacina Coronavac no dia 3 de maio.

Tite não é o primeiro membro da comissão técnica da seleção brasileira a receber a vacina. Quem também já recebeu a primeira dose foi o preparador físico Fábio Mahseredjian, que tem 54 anos e foi atendido por se encaixar no critério de convocação estabelecido no Estado de São Paulo. A exigência era imunizar profissionais de saúde e da área de educação física com 53 anos ou mais. Mahseredjian foi vacinado semana passada.

Depois de Tite, quem será vacinado é o auxiliar técnico Cléber Xavier. Ainda neste mês ele deverá receber a primeira dose. Enquanto isso, a seleção brasileira aguarda a definição da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) sobre como ficará o calendário das Eliminatórias. Por enquanto, a equipe tem como próximo compromisso a disputa da Copa América, em junho, na Argentina e na Colômbia.

Espalhe essa notícia!
Carregue mais em Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Ministro da Saúde adia de maio para setembro estimativa de conclusão da vacinação de grupos prioritários

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, postergou em quatro meses o prazo para concluir a v…